A caminhada é um excelente exercício, e deve ser realizada da forma mais natural e relaxada possível. Mas isto não significa caminhar de qualquer jeito. Muitas vezes, devido à nossa falta de flexibilidade ou do desequilíbrio de algumas cadeias musculares, que surgem por vícios ocupacionais ou pela própria inatividade, adotamos padrões errados de postura e de movimento.

Caminhar com a coluna curvada para frente, barriga solta e ombros tensos, com a cabeça inclinada para o chão, pode tornar esta atividade desconfortável e até mesmo dolorosa já nos primeiros minutos. Mas não adianta assumir uma postura rígida e inflexível, pois você cansará logo no início da caminhada: o correto é primeiro corrigir esses vícios!

Algumas dicas:


– CABEÇA: Olhe sempre para o horizonte e nunca para baixo. Isso vai livrar o seu pescoço de tensões!
– OMBROS: Relaxe seus ombros. Eles devem sempre estar relaxados, mas não caídos.
– BRAÇOS: Balanço natural e se modificar de acordo com a velocidade da caminhada. E atenção: quando os braços vão para frente, eles não devem cruzar o centro do corpo.
– ABDÔMEN: Levemente contraído, para ajudar na estabilidade do corpo.
– QUADRIL: Neutro – não empine o bumbum ou “rebole” muito ao andar! O correto é que o quadril faça uma rotação natural para frente e para trás.
– PERNAS: O tamanho da passada varia de indivíduo para indivíduo. Não force sua passada, além do seu natural.

E aí? Vamos começar?

 

Drª. Alessandra Almeida

Contato pelo WhatsApp
Contato por Telefone
Nós ligamos para você!